Especial de Natal III: Cervejas e Sobremesas

Todo grande momento tem o seu desfecho e quando o assunto for uma bela refeição, as cervejas podem ser parte importante deste desfecho, sobretudo, no natal.

Essa época do ano é repleta de sobremesas e muitas delas ficam muito melhores harmonizadas com uma boa cerveja. Nós já tivemos a oportunidade de explicar sobre o panetone e sua harmonização com cervejas, então nada falaremos dele, a não ser o fato de que ele pode ser servido em todas as etapas da ceia de natal. Se você ainda não leu sobre panetones, confira aqui: Especial de Natal I: cervejas e panetones

Como sobremesa natalina mais tradicional, temos as rabanadas, que são as mais difundidas tanto na Europa quanto nas Américas, com ligeiras variações. São pães doces em fatias geralmente temperadas/adoçadas com leite, vinho, caldas de açúcar e ovos e então fritas.

O par ideal para as rabanadas são cervejas que tenham a um só tempo dulçor maltado e tosta, ou dulçor e acidez. Notas de especiarias são bem-vindas e, novamente não podemos ignorar como as Xmas Ale merecem o nome que tem. Algumas outras sugestões são Weizenbier, Barley wines, Oud bruin e Fruit beers.

Rótulos sugeridos:

  1. Bamberg Weihnaichts (Xmas Ale – 6,0% alc. vol.);
  2. Paulaner Hefe-Weissbier Naturtrüb (Weizenbier – 5,5% alc. vol.);
  3. Wäls EAP (Barley Wine – 11,5% alc. vol.);
  4. Verzet Oud Bruin (Oud Bruin – 6,0% alc. vol.);
  5. Tupiniquim Monjolo Floresta Negra (Fruit Beer – 10,0% alc. vol.).

Outra sobremesa tradicional nesta época é o arroz doce. Embora não saibamos o porquê, não é muito popular fora do Natal. Cuida-se de um arroz cozido em leite e açúcar e, normalmente temperado com cascas de limão, canela em pau, água de flor de laranja, cravo, etc…Via de regra, servido polvilhado de canela em pó. Harmoniza com Porters e Stouts por complementaridade, como por exemplo, quando se junta chocolate e doce de leite, ou café e doce de leite. Aliás, por falar nele, o doce de leite é tradicionalíssimo no natal e segue na mesma linha de harmonização.

Conheça a segunda matéria de Natal: harmonização com carnes na ceia de natal

Rótulos:

  1. Bamberg Weihnaichts (Xmas Ale – 6,0% alc. vol.);
  2. Fuller’s Black Cab (Dry Stout – 4,5% alc. vol.);
  3. Samuel Smith’s Brewery Oatmeal Stout (Oatmeal Stout – 5,0% alc. vol.);
  4. Rio de Colônia (Speacialty – 6,0% alc. vol.);
  5. Courage Imperial Russian Stout (Russian Imperial Stout – 10% alc. vol.).

Outro quitute tradicional que vai harmonizar bem com cervejas é o famoso biscoito de gengibre. Feitos basicamente de farinha de trigo, açúcares e manteiga acrescidos de alguma bebida destilada e especiarias, eles são um resumo sólido dos aromas e sabores do natal. Gengibre, noz-moscada, canela em pó, elementos “vínicos” e açúcares compõem toda a atmosfera gastronômica natalina e, novamente, nada melhor para harmonizar do que uma Christmas Ale.

Mesmo assim, todo esse dulçor pode ser harmonizado por contraste com o amargor de IPAs, sobretudo as Ginger IPAs, ou pela acidez das fruit beers, e por último pelo amargor de tosta de algumas cervejas à base de maltes bem tostados. Uma opção interessante será a combinação entre o amargor da tosta e o amargor lupulado.

Rótulos:

  1. Anchor Christmas Ale (Xmas Ale – 6,5% alc. vol.);
  2. Júpiter IPA (American India Pale Ale – 6,5% alc. vol.)
  3. Grove Ginger IPA (American Ginger IPA – % alc. vol. );
  4. Bodebrown Cerveja do Amor (Fruit Beer – 5,0% alc. vol.)
  5. Hi5 (American Black Ale – 6,2% alc. vol.).
Saboroso pudim de natal.
Saboroso pudim de natal.

Por fim, temos os bolos, pudim de leite e as mousses de frutas ácidas. No caso dos bolos, estamos nos referindo a qualquer espécie de bolo feito de chocolate e um ou mais tipos de castanhas. Nestes casos nada se compara com porters e stouts em harmonização. Para as mousses, que normalmente são de uva, maracujá ou limão ou mesmo cheesecakes, a pedida é de fato uma fruit beer. Finalmente, para os pudins, cervejas com sabores de caramelo ou dulçor residual caem muito bem, como dubbels, barley wines, strong ales.

Rótulos:

  1. Liefmans Fruitesse (Lambic Fruit Beer – 4,2% alc. vol.);
  2. Keto Reporter (Robust Porter – 5,2% alc. vol.);
  3. Colorado Ithaca (Russian Imperial Stout – 10,5% alc. vol.)
  4. Wals Dubbel (Dubbel, 7,5% alc. vol.)
  5. Leffe Royale (Belgian Strong Ale, 8,0% alc. vol)