O que é a Qualidade de uma Cerveja?

Frederico de Castro

Quase todo mundo gosta de uma boa cerveja e, na verdade, existe um conhecimento prático popular muito diversificado e uma equivalente série de lendas urbanas sobre a bebida preferida do brasileiro.

Com efeito, muita gente conhece alguma dica de qualidade sobre cervejas, mas será que estas dicas são realmente úteis, ou, na verdade, fazem parte do cabedal de lendas surgidas em volta do assunto? Afinal de contas: o que é qualidade quando o assunto é cerveja?

Em primeiro lugar, pode ficar tranquilo que você não precisa ser um profissional da área para saber conferir critérios mínimos de qualidade desta maravilhosa bebida. É verdade que há, sim, profissionais que aferem a qualidade da bebida e lidam com o seu serviço: os sommelieres de cervejas. Eles tem formação técnico-profissional para avaliar com extremos de rigor todos os padrões que atestam uma boa qualidade do produto, mas o prazer de beber uma boa cerveja não está necessariamente atrelado ao atendimento item por item de cada um desses padrões, até porque faz parte do trabalho desses profissionais averiguar o tanto quanto possível a qualidade da bebida antes mesmo se ir para o mercado.

Em segundo lugar, tenha em mente o que significa verdadeiramente qualidade. Pode parecer um pouco estranho falar isso, mas muita gente confunde qualidade com diversos tipos de outros conceitos. Por exemplo: confundir qualidade com o próprio gosto, ou, confundir qualidade com o gosto da opinião pública ou popular, com origem ou denominação de origem, com requinte ou design, com preço e, por fim, confundir qualidade com padrões mínimos de qualidade ou com padrões máximos ou de excelência.

Em resumo: qualidade é o conjunto das características que faz com que uma determinada coisa seja exatamente aquilo que ela é, ou deveria ser, de forma a ultrapassar o mínimo e não necessariamente a atingir o máximo. Um produto excelente obviamente tem qualidade, mas nem todo produto de qualidade tem necessariamente excelência. Podemos dizer então que todo produto teria os seguintes níveis de qualidade: mínima, padrão, alto padrão e excelente.

Comande uma cervejaria no seu celular

Dessa forma, se você seguir algumas das dicas que selecionamos abaixo, poderá driblar algumas lendas populares e marqueteiras com maiores chances de evitar surpresas desagradáveis na hora de beber a sua valiosa cerveja. Confira:

1 – Verifique a integridade do envase e a validade.

Cerveja é um produto como qualquer outro, e como tal, ao adquirir ou consumir você deve averiguar se não há nenhum tipo de problemas no envase e se a data de validade está adequada. Ela é um alimento seguro e o prazo de validade não é um parâmetro rigoroso em termos de segurança, mas em termos de qualidade, mas também não é uma garantia absoluta. Alguns fatores, como por exemplo, o acondicionamento, podem encurtar o prazo de validade, mas é assim, simples, com uma mera leitura da data de validade que se você já começa a verificar a qualidade.

2 – Cuidado com o marketing e preconceitos

Cerveja importada não necessariamente é melhor a que a nacional e nem o contrário.

Kellerbierr: qualidade bem guardada

3 – Não seja um bebedor de rótulos ou marcas

Rótulos são uma parte importante e legal da cerveja, mas tem mais que ver com informações e cultura do que com qualidade.

4 – Desconfie de preços excessivamente baixos (Sem motivos justos)

Quer encarar a dura realidade? Preços baixos, via de regra, são um ligeiro indício de problemas na qualidade.

5 – Objetivamente falando, uma cerveja tem qualidade quando:

a) Tem as características que promete no rótulo;
b) Não possui aromas e sabores atípicos (off-flavors), ou somente os possui em quantidades mínimas que não influenciem no sabor prometido.

6 – Mas se você está buscando de altos padrões à excelência você deve:

a) Verificar tudo o que o item 5 descreve;
b) Fazer uma verificação subjetiva sobre o gosto de quem vai beber.

Qual a diferença entre APA e IPA?

Por fim, não basta adquirir sua cerveja com os devidos padrões de qualidade, saiba preservá-los. Armazenar bem as suas cervejas talvez seja até mais importante do que saber adquirí-las. Se você comprar uma cerveja com pouca qualidade, pode até ser que você já esteja perdendo dinheiro, mas se você armazenar mal esta cerveja, perderá dinheiro duas vezes. Não o bastante, se você quer ser mesmo o máximo em excelência, sirva a cerveja no copo recomendado para ela.